Jardins de Sephora

28 novembro 2017

Equilíbrio

.
.
Já pensei na perfeição,
hoje prefiro o equilíbrio .
.
.
.

26 novembro 2017




Triste, louca ou má?
será qualificada
ela quem recusar
seguir receita tal

A receita cultural
do marido, da família.
cuida, cuida da rotina

Só mesmo rejeita
bem conhecida receita
quem não sem dores
aceita que tudo deve mudar

Que um homem não te define
sua casa não te define
sua carne não te define
você é seu próprio lar

Ela desatinou
desatou nós
vai viver só

Eu não me vejo na palavra
fêmea: alvo de caça
conformada vítima

Prefiro queimar o mapa
traçar de novo a estrada
Ver cores nas cinzas
E a vida reinventar.

Pq um homem não me define
minha casa não me define
minha carne não me define
eu sou meu próprio lar
.


( Triste, Louca ou Má - francisco, el hombre )

.
.





06 novembro 2017

.
.
“ ... Não posso adiar para outro século a minha vida, 
nem o meu amor, 
nem o meu grito de libertação. 
Não posso adiar o coração. “
.
( Antônio Ramos Rosa )
.
.
.

05 novembro 2017

Encontro com a própria essência


.
.

“Lá, no fim das internas viagens,
Onde estatísticas não têm valor, 
Porque, até hoje, ninguém pisou,
Em solos tão selvagens,

Mora, depois da esquina do medo,
O tesouro que tanto procuras,
Entre vielas e ruas escuras,
E que parece intransponível segredo.

Ele espera por você, intocado,
Pronto para a revelação,
Pela qual você, obstinado,

É capaz de dar dedos e mão,
Sem saber que, o danado,
É gratuito a quem tem coração.

.
✫ Pedro Tornaghi ✫
.
.
.

08 setembro 2017

Surpresas no caminho

.
.
( Sephora Photography )
.
São encantadoras 
as boas e belas surpresas nos caminhos da vida.
.
.
.

07 setembro 2017

Sentimentos

.
.
( Sephora Photography ) 
.
Talvez me faltem palavras, 
jamais sentimentos...
.
( Caio Fernando )
.
.
.

Realidade

.
.
( Sephora Photography ) 
.
Nunca pintei sonhos, 
apenas minha própria realidade.
.
( Frida Kahlo )
.
.
.

30 agosto 2017

Os olhos são palavras

.
.
( Foto tirada por mim - Sephora Photography )
.
De repente os olhos são palavras ...
Aprendi com a ternura
vista em milhares de olhos
que me viam ao mesmo tempo
.
( Pablo Neruda )
.
.
.


29 agosto 2017

O poder da arte

.
.
( Foto tirada por mim em Japaratinga - Sephora Photography )
.
"Não sei se a Arte nos deve salvar, 
mas tenho a certeza 
de que pode conduzir ao melhor que há em nós 
para que não nos desperdicemos na vida" 
.
(Valter Hugo Mãe)
.
.
.

Minha questão, minha resposta

.
.
( foto tirada por mim em Japaratinga - Sephora Photography )
.
.
Sou eu próprio uma questão colocada ao mundo 
e devo fornecer minha resposta; 
caso contrário, 
estarei reduzido à resposta que o mundo me der.”
.
( Jung ) 
.
.
.

25 agosto 2017

A lição do silêncio a meu favor

.
.
( Foto -  Tirada por mim na praia de Japaratinga - Sephora Photography  ) 
.
.
A lição do silêncio a meu favor.
Eu comecei observar que eu não tinha que ter resposta pra tudo. Eu comecei a observar que eu não tinha que ter a palavra final. Nem o pensamento e nem mesmo a ponderação.
Eu comecei a observar que eu podia ficar em silêncio.  E que o silêncio contava pontos, pra minha felicidade, pra minha harmonia e pra felicidade do outro.
Eu percebi que o silêncio, me dava um precioso tempo de pensar, antes de responder. O silêncio me permitia olhar as pessoas, as situações, como elas são.
Eu tive que conhecer o lado escuro, para ter certeza de que ali eu não queria permanecer.  Eu tive que viver coisas que eram contra a minha vontade, 
para assumir verdadeiras escolhas.
E hoje sou mais forte porque visitei as minhas sombras
A Sombra se mostra na vida, para a Luz se expandir.
Então, não tive tanta pressa em sair, em atravessar aquele momento. Continuei trabalhando para o meu bem, me fortalecendo na minha luz. Mas, tentando compreender que é necessário um tempo para atravessar. 
É necessário o silêncio e a coragem da solidão. 
De se ouvir, de se escutar.
Eu aprendi o quanto era rico o meu silêncio. E o quanto era importante eu ouvir o outro, com a atenção que ele merecia. Porque, em muitos relacionamentos que tive, de nada me adiantaria ter respostas. De nada me adiantaria ter posicionamentos.
E com este bom sentimento, muitas pessoas se desarmaram. 
Porque sentiram que não estavam sendo atacadas pela minha pessoa.
E tudo isso começou no silêncio. Todo esse trabalho de troca, de conversa, de diálogo, de crescimento... Começou no silêncio. No silêncio que veio de dentro do meu coração. 
Do silêncio no qual eu não julguei.
Porque  observem, que quando julgamos as pessoas, ainda que seja em silêncio, esse julgar será cheio de ruídos, barulhos, pensamentos... E isto não é necessário.
Quando nos despimos, do julgamento, somos capazes de ouvir e de ter a possibilidade de novas interpretações. Há um crescimento no silêncio. 
Há uma barreira a ser vencida pelo silêncio.
A luz se manifesta quando há espaço. E é isso que o silêncio promove: O espaço.
.
( Canalização de Maria Pad no blog de Maria Silvia Orlovas ) 
.
.



13 agosto 2017

Agosto

.
 
.

“Só quem vive bem os agostos é merecedor da primavera! Lembro-me bem. Foi quando julho se foi, que um vento mais gelado, mais destemperado, que arrastava ainda folhas deixadas pelo outono, me disse algumas verdades. 
.
Convenceu-me de que o céu começaria a apresentar metamorfoses avermelhadas. Que a poeira levantada por ele daria lições de que as coisas nem sempre ficam no mesmo lugar e que é preciso aceitar que a poeira só assenta depois que os redemoinhos se vão. 
 .
Foi quando julho se foi que a minha solidão me convidou para uma conversa. 
E me contou de tempo de esperas. E me disse que o barulho das árvores tinha algo a dizer sobre aceitação. E eu fiquei pensando com elas, as árvores, aceitam as estações que, se as estremecem, também lhes florescem os galhos. Mas tudo a seu tempo. 
 .Foi em agosto que descobri que os cachorros loucos são, na verdade, os uivos que não lançamos ao vento. São nossos estremecimentos particulares que a nossa rigidez de certezas não nos permite encarar.....
.
Agosto é quando Deus deixa a natureza traduzir visivelmente o tempo das mutações. Mude, diz agosto, em seu recado de sementes. 
Aceite, diz agosto, com seu jeito frio de vento que levanta poeira e a faz avermelhar o céu. 
Compartilhe, diz agosto.... 
Distribua mais afetos, que inverno é acolhimento, 
é tempo de preparar setembro. 
E, de setembro, todos sabemos o que esperar. 
Esperamos a arrebentação das cores, que com seus mais variados nomes vêm em forma de flores. 
Vamos apreciar agosto, recebê-lo com espanto feliz de quem não desafia ventos. 
Que ele desarrume e espalhe suas folhas e levante suas poeiras. 
Aceite as esperas, mas coloque floreiras na janela. 
Só quem vive bem os agostos é merecedor da primavera.” 
 .
.

 ( Miryan Lucy de Rezende )
.
.
.
 



19 julho 2017

Sobre Rótulos

.
.
E assim segue a vida...
Ler o rótulo de um vinho
nunca será igual a sentir seu gosto 
.
.
,

10 julho 2017

Frase do dia 10/07/2017

.
.
“Ainda existem almas para as quais o amor 
é o contato de duas poesias... 
A fusão de dois devaneios” 
.
(G. Bachelard)
.
.
.

02 junho 2017

O amor ...

.
.
O amor é um modo de viver e de sentir.
É um ponto de vista um pouco mais elevado,
um pouco mais largo;
nele descobrimos o infinito
e horizontes sem limites.
.
.
( Gustave Flaubert )
.
.
.

28 maio 2017

Sou feliz quando o outro também é

.
Resultado de imagem para gifs rios
.
Os rios não bebem sua própria água; 
as árvores não comem seus próprios frutos; 
O sol não brilha para si mesmo; 
e as flores não espalham sua fragrância para si. 
Viver para os outros é uma regra da natureza.
A vida é boa quando você está feliz; 
mas a vida é muito melhor quando os outros estão felizes por sua causa".
.
( Papa Francisco )
.
.
.

26 maio 2017

Florescer

.
.
É preciso considerar... 
Que cada pessoa se constrói a partir dos próprios recursos 
e que ela só consegue se realizar 
quando tira de dentro de si o que tem para florir. 
Este é o significado da concepção guarani de educação: "poty": "florir"
 ou ainda: "desdobrar desdobrando-se", 
assim como as pétalas de uma flor." 
.
( Frase de Marcos Ferreira Santos FE- USP )
.
.
.

05 abril 2017

Ausência

.
.
( 2015 a 2017 )
.
Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num País sem nome
Ou numa terra nua
.
Nenhuma ausência foi mais funda do que a tua.
 .

 (Sophia de Mello Breyner Andresen)
.
.
.
.

02 abril 2017

Sem amor, não há um caminho

.

.
Sem amor, não há um caminho. O único caminho é o Amor.

Para aqueles que já despertaram, não é mais hora de vocês se obrigarem a seguir um caminho sem amor. Não é mais hora de forçar a sua natureza.

Porém, nunca menosprezem o amor. E não esperem que o amor seja algo que não exija de vocês uma evolução, uma compreensão, um crescimento.

O Amor exige de nós uma grande evolução. Pobres daqueles que se comportam perante o amor, como mendigos. Porque assim, sempre serão.

Se comportem, frente ao amor, como milionários: abundantes no amor, poderosos no amor, generosos no amor.

Os mendigos são aqueles que apenas querem, são aqueles que se imaginam carentes, se imaginam fracos, se imaginam sem luz. E como a imaginação é a fonte de criação de Deus, aquilo que imaginam se manifesta.

Quando queremos que vocês se fortaleçam no amor, é um fortalecimento muito profundo, muito conectado ao amor verdadeiro espiritual.

É um amor que permite que vocês não sejam abalados pelas cosias do Mundo. Não sejam abalados pelo comportamento errado das pessoas.  Não sejam abalados pela solidão, nem pelos falsos amigos, nem pelas desilusões... Que naturalmente acabam acontecendo na vidadas pessoas.

Eu vivi muitas desilusões, acreditei muito em palavras que não se cumpriram. Me envolvi com pessoas, mobilizada apenas pela carência. Uma carência, que fantasiei - acreditei ser amor.

Hoje, a cada dia que se passa, me vejo despir dessas malhas, dessas roupas da ilusão.

A ilusão não faz bem. Ainda, por um tempo, a fantasia possa aquecer o coração... Com o tempo, depois da grande desilusão, do rompimento, do esquecimento, do sentimento de abandono, de desprezo... Nós vamos, nos acostumando com o novo estágio de Ser. E isso é profundamente libertador.

Quando você vive um relacionamento, uma história, e aquela história lhe traz sofrimento... Muitas pessoas relutam em se libertar. Porque tem medo do vazio. Porque tem medo da consequência dos próximos atos, dos próximos dias, das próximas noites... Em abandono, em esquecimento.

Mas, depois que essa grande tormenta passa, vem o estado de aquietamento e da paz. Vem o estado da solidão, que não é triste. A solidão que possibilita o encontro.

Os amores da Terra estão sujeitos ao desamor. Os amores da Terra estão sujeitos aos humores das pessoas, aos sentimentos, aos medos, as raivas, as mágoas, as máculas do passado e as expectativas do futuro.

Para você se libertar, se acalmar e se conectar ao amor mais profundo, tenha coragem de viver tudo isso. Porque sem coragem - devo lhe dizer meu amado, meu amigo - você também enfrentará os mesmos percalços.

 E quando você tem a coragem, o coração focado na sua luz, você passa por todos os aprendizados e desafios, com mais paz, com mais luz e com mais sabedoria.

Eu aprendi, a dura custas, que o Amor cura o amor. O amor por você mesmo deve ser fortalecido, como se fortalecem as flores... Mergulhando profundamente suas raízes na terra, para de lá colher o seu sustento.

Nos Mundos Espirituais, aprendi a observar a beleza das coisas simples da Natureza. Fui esquecendo dos vestidos, das jóias e das pessoas que me fizeram sofrer incluindo alguns homens, para olhar aquilo que sinto que devo olhar... O meu próprio coração.

Olhem os seus corações. Somente olhando o seu coração e escolhendo se amar, e escolhendo amar àqueles que estão a sua volta, dentro da sua Luz Espiritual... Você será mais leve e mais feliz.

A serviço da Elevação da Consciência. Eu Sou Maria Padilha e ofereço a minha Luz á todos vocês.

Trabalhemos juntos pela elevação. Trabalhemos juntos, para que cada um de nós acesse um passo a mais na consciência. Porque, uma Alma a mais desperta, despertará a sua família, os seus amigos, o seu ambiente profissional. E assim, será o despertar desta Humanidade.

Vibrei tanto enquanto encarnada, pelo Amor, para hoje descobrir que o Amor sempre esteve e sempre estará dentro de cada um.

Sigam na Luz e vibrem como eu, pelo Amor.

Tenham Paz.

.
Mentora: Maria Padilha
Canal: Maria Silvia Orlovas
.
.
.

24 março 2017

Às 17h

.
.
Sempre que posso às 17h olho para o céu. 
Nunca me arrependi ! 
Por um momento sinto a vida em toda sua grandeza e beleza. 
As vezes faço uma pequena oração 
ou agradeço 
ou ainda mando um pensamento bom pra alguém . ❤️
.
Em um breve pôr do sol 
.
.
( Sephora Freire )
.
.
.

.
☀️💖

21 março 2017

Me ama com tudo que em ti for amor

.
.
Olha pra mim
mas olha mesmo
como se nunca mais
eu fosse a luz a descansar na tua retina
.
como se nunca mais
eu fosse a mão que sempre escolhe segurar a tua
no meio da multidão
.
me abraça com tudo que em ti for ternura
me ama com tudo que em ti for amor

.
.
( Patricia Pinheiro )
.
.
.

20 março 2017

Beijo e vinho

.
.
“Todos somos mortais 
até o primeiro beijo 
e o segundo copo de vinho.”
.
(Eduardo Galeano)
.
.
.

16 março 2017

Pratique o silêncio

.

.
Pratique o silêncio.
E mesmo no seu dia no encontro com as pessoas, 
economize os pensamentos, as respostas e as palavras.
Pratique a máxima de ouvir mais e falar menos 
e acrescente a ela a importância 
de pensar com mais gentileza, candura e amor.
.
( Kuan Yin )
.
.

31 janeiro 2017

A obediência e o amor

.
.
"Há regras no mosteiro, 
mas o Mestre sempre adverte contra a tirania da lei.:
 'A obediência mantém as regras,' - diz ele - 
'mas o amor sabe quando quebrá-las'."
.
.

( Anthony De Mello )
.
.
.

23 janeiro 2017

Frase do dia 23/01/2017

.
.
“Se uma planta não consegue viver 
de acordo com sua natureza, ela morre, 
assim também um homem.” 
.
(Henry Thoreau)
.
.
.